Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor Portugal
análises
Batman: The Telltale Series

Batman: The Telltale Series - Jogo Completo

Analisámos o pacote completo da aventura de Batman com a Telltale.

No passado mês de dezembro chegou City of Light, o quinto e último capítulo da primeira temporada de Batman: The Telltale Series. Enquanto ainda não foi confirmada uma segunda temporada, pudemos pelo menos experienciar esta primeira aventura de princípio ao fim, e perceber se o toque mágico da Telltale Games (The Walking Dead, The Wolf Among Us, Tales from the Borderlands) também funcionou no mundo do Cavaleiro das Trevas.

Infelizmente, apenas parcialmente. A Telltale é uma produtora focada sobretudo na experiência narrativa, colocando pouca interação nos seus jogos. Até as sequências de ação são limitadas ao pressionar do botão certo no momento certo, e este jogo de Batman não é exceção. Por outras palavras, é uma experiência muito diferente do que vimos em Batman: Arkham, e aqui o que realmente importa são as decisões que tomam enquanto Batman ou Bruce Wayne. É a fórmula clássica da Telltale, aplicada ao universo do herói da DC, mas se a fórmula já começa a ser algo cansativa, a situação é ainda mais grave em termos técnicos.

Os jogos da Telltale são lançados para várias plataformas, incluindo móveis, o que significa que o seu motor gráfico tem de ser muito flexível. Ou deveria sê-lo, mas não é. A Telltale deve normalmente encontrar um denominador comum para todas as versões, e isso significa que as versões para o hardware mais poderoso (PC, PS4, Xbox One) nunca irão realmente aproveitar as suas capacidades. Batman: The Telltale Series é um jogo com grafismo datado, que nem sequer impressionaria na geração anterior, e pior ainda, está muito mal optimizado. Assistimos a rudes quebras de fluidez durante o jogo, quebras que não são admissíveis para um jogo que não está claramente a aproveitar o hardware ao seu potencial máximo. Ainda mais desapontante foi verificar que o jogo está agastado com vários problemas técnicos graves. Alguns jogadores até já se queixaram de personagens que desaparecem e bloqueios que obrigam a reiniciar a consola. Nós 'apenas' assistirmos a uma cena em que o cenário desapareceu por completo, colocando as personagens a falar num vazio negro.

Qual a Telltale era uma produtora de menor calibre, na altura do primeiro The Walking Dead, aceitámos sem problemas estes defeitos associados a um estúdio limitado ao nível de orçamento e meios, mas hoje em dia é impossível perdoar estes erros à Telltale. Batman, os jogadores, e os fãs do herói, mereciam muito mais e melhor por parte da produtora.

Estamos a falar da experiência a nível técnico, mas a narrativa é o verdadeiro ponto que atrai os fãs da Telltale. O argumento é normalmente de grande qualidade, as personagens costumam ser interessantes, e as decisões que o jogador toma (algumas pelo menos) tendem a ter consequências no evoluir da narrativa. Tudo isto é verdade em Batman: The Telltalte Series. Até certo ponto. A estória tem alguns momentos confusos, e por vezes pode ser também algo aborrecida, com diálogos onde pouco de interessante se passa.

Esta estória passa-se nos primeiros anos de Bruce Wayne como Batman, e arranca com o milionário querido de Gotham a financiar a campanha de Harvey Dent à câmara municipal. Nesta altura Harvey Dent ainda não se tornou no Duas Caras, e isso é algo que podem ver desenrolar-se de forma muito direta em Batman: The Telltale Series. A maioria das personagens com que vão interagir são conhecidas dos fãs de Batman. Catwoman (Selina Kyle), Vicki Vale, Falcone, Alfred, Pinguim (Oswald Cobblepot), e Jim Gordon são as personagens mais importantes da narrativa... além de algumas outras que não vamos revelar aqui.

O que Batman: The Telltale Series faz de mais corajoso, é mudar alguns elementos que todos conhecemos como a história e o passado da personagem. Como grandes fãs de Batman, foi algo que nos dividiu. Se o que parte do jogo relata é original e inesperado, também parece quase 'sacrilégio' mexer com alguns elementos que a Telltale mudou. Isto é sobretudo uma questão de gosto pessoal, não de qualidade, mas há algo a apontar nesse aspeto. Existem alguns momentos narrativos forçados, que fazem pouco sentido, sobretudo dentro do contexto de Batman.

Quanto à jogabilidade, é típico Telltale. A esmagadora maioria da experiência decorre através de sequências de estória, onde o jogador interage nos diálogos. Por vezes também existem momentos mais típicos de um jogo de aponta e clica, que mostram o lado de investigação de Batman. Nestes momentos têm de relacionar pistas até encontrarem o padrão certo. Existem, naturalmente, momentos de combate, mas nunca direto. Apenas podem seguir as instruções que surgem no ecrã.

Batman: The Telltale Series tem alguns momentos interessantes, é um jogo adulto (apesar do grafismo estilo banda desenhada), e teve a coragem de modificar alguns elementos que sempre conhecemos da personagem, mas está longe de ser o melhor jogo da Telltale. Os problemas técnicos e o motor gráfico datado não devem ser ignorados, mas mais grave é o facto do argumento não manter a mesma força ou coerência através dos cinco episódios, evidenciado vários altos e baixos. A considerar apenas por verdadeiros fãs do Batman, se possível quando encontrarem os cinco episódios em promoção.

Batman: The Telltale SeriesBatman: The Telltale SeriesBatman: The Telltale Series
Batman: The Telltale SeriesBatman: The Telltale SeriesBatman: The Telltale Series
06 Gamereactor Portugal
6 / 10
+
Abordagem corajosa às origens e ao mundo de Batman. Alguns momentos brilhantes da estória. Bruce Wayne é tão ou mais importante que Batman.
-
Péssima optimização. Grafismo datado. Narrativa por vezes confusa, noutras ocasiões aborrecida. Podem não gostar das mudanças da Telltale.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor