Gamereactor Internacional Português / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français / Dutch
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
especial

O Futuro de Star Wars nos Videojogos

Certezas, pistas, e especulações, sobre o que a Força tem preparado para os videojogos.

Imagens de Star Wars Battlefront
Publicidade:

Star Wars (ou Guerra das Estrelas, se preferirem o título original em português) está definitivamente de volta, e não apenas no cinema. Existe um apetite crescendo do público geral em relação a videojogos baseados numa Galáxia Muito, Muito Distante, e a própria Electronic Arts já anunciou que "estamos a tentar cobrir várias áreas do universo de Star Wars, e criar várias experiências de jogo especialmente dedicadas aos diferentes tipos de fãs". Decidimos então investigar sobre o que futuro reserva aos fãs da saga. Existem certezas, várias possibilidades, e também alguma especulação da nossa parte, tudo reunido em baixo.

Star Wars Battlefront II
O primeiro "novo" Star Wars Battlefront fez muita coisa bem, mas não fez tudo. Uma das maiores queixas da comunidade está relacionada com a ausência de uma campanha de estória, algo que foi finalmente confirmado recentemente para a sequela. Durante uma conferência de investidores, a Electronic Arts confirmou que Battlefront II será lançado no outono de 2017, e que terá a inclusão de uma campanha de estória.

Embora não existam informações concretas sobre esta campanha, foi revelado que será a Motive Studios a tratar desta componente do jogo, enquanto que a DICE continuará dedicada ao modo online - o principal atrativo dos jogos Battlefront. Numa conversa com o Eurogamer, o produtor Paul Keslin assegurou que a campanha de estória não será tratada como algo inferior ao multijogador. "Enquanto fã de Star Wars, eu quero uma estória, eu quero uma narrativa, eu quero algo que me mantenha imersivo neste mundo, mas que também me dê algo para seguir e perseguir," referiu.

Outro grande pedido dos fãs tem sido a possibilidade de passar fisicamente da jogabilidade a solo para a jogabilidade em veículos, a possibilidade dos jogadores entrarem diretamente para bordo de uma das naves. No Battlefront original os jogadores só podem conduzir veículos quando apanham um item específico no campo de batalha, e depois existe uma transição de imagem para o veículo em questão, já em andamento. Apesar da insistência dos fãs, isto é algo que Paul Keslin não pode prometer - e não culpamos a DICE. Imaginem o pesadelo que seria trepar para dentro de um AT-AT ou um AT-ST.

Por último, que tipo de conteúdo vamos ver no multijogador?

O primeiro jogo foi baseado na trilogia original de filmes, e inclui uma expansão dedicada a Rogue One. Assim, o que sobra para explorar em Star Wars Battlefront II? Segundo a própria EA, a sequela será baseada em "várias eras de Star Wars", o que sugere simultaneamente uma viagem ao passado e ao futuro. É provável que Battlefront II baseie algum conteúdo na trilogia de prequelas, de onde se destaca naturalmente a Batalha de Clones. Darth Maul, Obi-Wan Kenobi, Anakin Skywalker, Count Dooku, Yoda, e General Grievous, são apenas algumas das muitas possibilidades para heróis e vilões.

É também provável que Battlefront II se concentre nos novos filmes. O Despertar da Força esteve apenas presente na forma de um mapa, pelo que é muito provável que surja em maior força nesta sequela, possivelmente com Rey, Finn, Poe Dameron, Kylo Ren, e Captain Phasma no papel de heróis e vilões. Rogue One foi bem coberto na última expansão de Battlefront, por isso é provável que fique de fora, mas quase que apostamos que Star Wars: O Último Jedi (o próximo filme), será uma das expansões de Battlefront II, e é quase certo que o filme a solo de Han Solo será coberto no final de 2018, tal como aconteceu com Rogue One no primeiro Battlefront. Conteúdo e possibilidades não faltam para a DICE explorar no novo jogo.

Star Wars: The Old Republic

O MMORPG criado pela Bioware já leva cinco anos de altos e baixos, mas desde que passou a free-to-play, parece ter encontrado o seu espaço. O aumento em popularidade dos filmes também deve ter ajudado a aumentar o interesse no MMORPG. Certo é que a Bioware e a EA não estarão com disposição de deixar morrer The Old Republic, como é disso prova as últimas atividades relacionadas com o jogo. A expansão mais recente, Knights of the Eternal Throne, foi lançada em dezembro passado, e ainda no dia 21 de janeiro chegou uma atualização massiva recheada de conteúdo.

Apesar da idade, Star Wars: The Old Republic tem ainda argumentos muito interessantes, e vale bem a pena experimentar se são fãs da saga - afinal de contas não pagam nada pela versão base do jogo.

Star Wars - Respawn Entertainment

Embora Titanfall 2 tenha sido um pequeno falhanço comercial, a qualidade do jogo é inegável, e a produtora já mostrou que sabe o que está a fazer. Neste momento uma equipa liderada por Stig Asmussen (diretor de God of War III) está a trabalhar num jogo de ação e aventura na terceira pessoa baseado no universo de Star Wars. Pelo que foi revelado pela produtora até ao momento, que refere a vontade de "expandir o universo de Star Wars", este jogo vai abordar uma era inédita que nunca vimos em filmes ou jogos.

Seja como for, o pequeno vídeo libertado até agora mostra um pequeno segmento de uma sessão de captura de movimentos, onde dois atores estão a interpretar uma batalha com Lightsabers. É por isso provável que os jogadores possam jogar com um Jedi ou um Sith (rumores apontam para o Lado Negro da Força). A Respawn já confirmou que este jogo será sobre "as personagens e as suas experiências", reforçando também a ideia de que o jogo tem de ter uma jogabilidade fluída e divertida.

Em conversa com a Glixel, Vince Zampella (co-fundador da Respawn) afirmou que estariam dispostos a sacrificar a qualidade gráfica pela jogabilidade. "Tem de ter uma boa sensação. Tem de se jogar bem. Tem de ser divertido," garantiu. Se tudo correr como previsto, este jogo da Respawn será lançado em 2019.

Continua na página seguinte

Publicidade: