Gamereactor Internacional Português / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français / Nederlands
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
antevisão

Project CARS 2

Uma sequela para os entusiastas de jogos de condução.

Project CARS (acrónimo para Community Assisted Racing Simulator) passou por um trajeto muito curioso para chegar onde chegou, e tudo começou com financiamento público em 2012. Cinco anos depois, aqui estamos nós de novo sentados ao volante de um jogo da Slightly Mad Studios, agora em Project CARS 2. Experimentámos a sequela em vários formatos, desde o tradicional comando, a uma combinação de realidade virtual, volante, e cadeia especial, e em todos os formatos foi possível perceber que a sequela está a melhorar em várias direções, mesmo ainda com vários meses de desenvolvimento pela frente.

O primeiro Project CARS orgulhou-se de mostrar uma experiência de grande realismo, e a sequela pretende ir ainda mais longe. Um exemplo disso é o novo sistema climatérico, denominado de LiveTrack 3.0, que tem grande impacto nas condições da pista e de forma dinâmica. Se estiver a chover com intensidade, as poças vão aumentar de volume, e se o pneu passar pelas poças, a água vai manter-se na borracha do pneu, tornando-o mais escorregadio até que seque um pouco. O sistema ainda não estava totalmente implementado na demonstração que experimentámos, mas uma das pistas já incluía algumas destas novas funções. Esta demonstração foi desenhada para mostrar condições climatéricas diferentes em cada volta à pista, e o que vimos do LiveTrack 3.0 pareceu-nos muito promissor.

Chuva não será o único efeito criado pelo LiveTrack 3.0, já que o sistema climatérico vai ser inspirado pelas estações do ano, incluindo calor incandescente no Verão, e estradas geladas no Inverno. Durante a apresentação tivemos a oportunidade de observar precisamente uma pista gelada, que não nos pareceu totalmente realista. Aliás, a pista estava tão escorregadia, que parecia um exagero inesperado para um jogo tão realista, mas a equipa diz estar consciente destas falhas, e promete corrigi-las a tempo do lançamento. Ainda assim, o que vimos das várias condições do sistema climatérico deixou-nos impressionados, criando comportamentos realistas dos pneus dependendo se estão secos, molhados, ou quentes. A própria forma como os pneus deixam marcas na pista é o resultado da condições climatérica, e o efeito não é meramente prático ao nível da condução. Visualmente é impressionante o esforço da Slightly Mad Studios para criar um cenário realista para as estações do ano, que são facilmente identificáveis olhando meramente para o horizonte e o tipo de luz no cenário.

Para Project Cars 2, a Slightly Mad Studios também está a apostar forte nas funções de realidade virtual. O objetivo é criar a experiência de condução mais realista de sempre num videojogo, combinando realidade virtual e uma cadeia de condução, com volantes, pedais, e feedback. Nós experimentámos esta configuração, e confessamos que por vezes pareceu mesmo que estávamos a conduzir um carro na realidade. Isto até pode ser incorporado em eSports, mas é algo que será mais detalhado no futuro.

Publicidade:

Para jogadores online mais casuais existe a opção para criarem a vossa própria liga, para competirem com amigos ou interessados. Cada jogador vai também receber uma carta de condução virtual de Project CARS 2, que irá mudar de cor dependendo da habilidade do jogador. Teoricamente, a ideia será permitir acesso direto à secção de eSports a todos os que conseguirem atingir o estatuto mais elevado da carta de condução. Parece-nos uma ideia interessante, tanto para semi-profissionais, como para jogadores mais casuais.

A componente a solo não será esquecida para esta sequela, e aqui o foco é liberdade de escolha. Embora o jogo ofereça diferentes objetivos para cumprirem, não existem carros ou pistas para desbloquear. Tudo está disponível de início, e será o jogador a decidir quando, onde, e o que quer conduzir. E também há algo para quem gosta de transmitir jogos via Twitch. O jogo terá uma ligação direta com o serviço de transmissões, os jogadores terão várias opções sobre o que deve ser transmitido e como.

Por último, a Slightly Mad Studios promete mais carros, marcas, e pistas licenciadas, apesar de não ter revelado números.

Depois de mais de uma hora a conduzir em Project CARS 2, sob várias configurações, temos de admitir que estávamos a adorar a experiência, mesmo no ponto inacabado em que se encontra. Se tudo correr como a produtora pretende, os fãs de condução realista vão receber algo de especial quando Project CARTS 2 chegar mais próximo do final do ano.

Project Cars 2Project Cars 2
Project Cars 2Project Cars 2
Project Cars 2Project Cars 2
Publicidade: