Gamereactor Internacional Português / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
FacebookFacebook
análise

Monster Hunter 4 Ultimate

Caçar monstros nunca foi tão divertido - na 3DS ou em qualquer outra plataforma.

Publicidade:

Monster Hunter é um sucesso tremendo no Japão, onde consegue atingir números impressionantes de vendas. Isso não se traduz contudo para o contexto europeu, onde embora não seja um nome desconhecido, está longe de conseguir o mesmo grau de popularidade de que goza no país do Sol Nascente. O conceito em si - caçar monstros - não nos parece o principal motivo para uma performance tão modesta de Monster Hunter na Europa. Os principais culpados serão antes as mecânicas desnecessariamente complexas, a jogabilidade por vezes atabalhoada e os picos irregulares de dificuldade.

Alguns fãs da série vão naturalmente defender que esses elementos fazem parte do apelo de Monster Hunter, mas é natural que a Capcom queira apelar a um maior número de jogadores. Para conseguirem esse objetivo, têm naturalmente de implementar algumas mudanças. Monster Hunter 3 Ultimate já deu vários passos importantes nesse sentido, mas é em Monster Hunter 4 Ultimate que vão encontrar a maior revolução na série.

Publicidade:

O núcleo da experiência, e o principal apelo, continua a ser a premissa básica de caçar monstros - normalmente maiores e mais perigosos que o jogador. Para terem uma hipótese nestas batalhas, precisam do equipamento certo para a ocasião, e para conseguirem esse equipamento, precisam de procurar materiais no mundo de jogo ou caçar monstros mais pequenos. É um conceito simples, mas viciante, que pode agarrar os jogadores durante dezenas de horas.

Monster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 Ultimate

Monster Hunter 4 Ultimate segue a mesma premissa que os antecessores, mas com algumas novidades importantes. Desta vez vão visitar várias localizações sempre acompanhados por uma caravana, e agora a campanha inclui uma história a acompanhar as missões. Nesse grupo vão naturalmente encontrar todas as personagens que necessitam para optimizarem as vossas aventuras, desde o ferreiro ao cozinheiro. Como no passado, existem muitos balões de texto para dar contexto aos acontecimentos, mas desta vez também serão agraciados com elaboradas cutscenes. Não é uma história impressionante ou memorável, mas tem qualidade suficiente para tornar as incursões à caça de monstros ainda mais interessantes. Dito isto, convém referir que mesmo com o maior foco narrativo, ainda não foi desta que a Capcom decidiu acompanhar os diálogos com vozes.

Outra novidade importante é a importância reforçada da jogabilidade vertical. É mais fácil trepar paredes e superfícies, ou saltar na direção dos monstros (e todas as armas têm um ataque em salto), o que abre novas possibilidades e táticas aos caçadores. Com a implementação desta jogabilidade vertical, a Capcom acabou por retirar as batalhas aquáticas, mas suspeitamos que isso é uma ausência que não deixará muitas saudades.

Embora seja jogável nas versões antigas da portátil, ou com o Circle Pad pro, é preciso referir que a New Nintendo 3DS é a melhor forma de jogar Monster Hunter 4 Ultimate. Não é obrigatório controlar a câmara, mas com o segundo stick podem fazê-lo com grande facilidade, e vão desejar ter essa ajuda extra durante as batalhas mais complicadas.

Estas são algumas das novidades mais importantes, mas existem outras mudanças menos extravagantes. Os caçadores repetentes vão encontrar duas novas armas para experimentarem - o Charge Axe e a Insect Glaive. A primeira pode funcionar como uma combinação de espada e escudo, ou como machado, com um poderoso ataque de carga. A Insect Glaive funciona como um bastão, que ainda permite invocar um Kinsect. Esse Kinsect, alguém de prejudicar os inimigos, pode garantir alguns bónus à personagem. No total existem agora 14 armas para escolherem.

Monster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 Ultimate

Não podemos realmente recomendar uma arma, porque não é tanto uma questão de eficácia, mas antes de preferência e estilo de jogo. Entre tantas escolhas, pode ser um pouco complicado encontrar a arma certa, mas terão a oportunidade de experimentar todos os estilos, já que começam a aventura com um exemplar de cada tipo no inventário. Os jogadores novatos podem ainda participar numa série de missões opcionais que servem como tutorial para as funções básicas do jogo.

Algumas horas depois de conhecerem os cantos à casa, podem experimentar o modo online, uma estreia para a versão 3DS de Monster Hunter. Online e offline, vão encontrar muitos objetivos extra para cumprir. Além das missões principais, existe uma guilda que gere vários desafios para os jogadores, e que vos pode levar a encontrar armaduras ou armas raras, de jogos anteriores de Monster Hunter.

Monster Hunter precisava de se tornar numa experiência mais atual e acessível - sem se tornar necessariamente mais fácil -, e foi isso que a Capcom fez com 4 Ultimate. É o tipo de jogo em que terão de investir horas para avançarem um pouco, mas por isso mesmo, cada marco, caça e peça de equipamento conseguida, éé uma etapa triunfante numa longa jornada. Na nossa opinião, Monster Hunter 4 Ultimate é o melhor capítulo da série, e mais um jogo de categoria para a Nintendo 3DS.

Monster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 Ultimate
Monster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 UltimateMonster Hunter 4 Ultimate
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Monstros fantásticos. Melhor modo de história da série. Jogabilidade melhorada.
-
Alguns momentos mortos da ação. Ocasionais quebras de fluidez.
Publicidade: