Gamereactor Internacional Português / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
FacebookFacebook
análise

WWE 2K15

O cinto de campeão fica para outra altura.

Publicidade:

Poucas séries têm sido tão inconstantes como os jogos de Wrestling da Yukes, variando regularmente entre títulos de qualidade ou outros a roçar o medíocre. Mais recentemente, infelizmente, temos sobretudo assistido a exemplos do último tipo. Continuado a seguir mecânicas datadas, não conseguido manter-se atualizada ou relevante, parece-nos que a Yuke dificilmente conseguirá voltar a produzir títulos de qualidade de Wrestling e o melhor mesmo seria entregar a série a outra produtora, que pudesse fazer algo fresco de raiz.

Ainda assim, quando a 2K Games anunciou que era a nova detentora da licença da WWE, acrescentando que estariam empenhados na produção da série e que iriam emprestar tecnologia gráfica à Yuke e aproveitar a experiência da Visual Concepts, ficámos curiosos para ver o que podia sair deste WWE 2K15. Seria finalmente a revolução que há tanto tempo esperamos? É esta a nova geração de jogos de Wrestling?

Publicidade:

Infelizmente, não. Existem pontos positivos e consegue, apesar de tudo, apresentar argumentos que podem convencer alguns fãs de WWE, mas trata-se sobretudo de uma grande desilusão.

WWE 2K15

A 2K Games percebeu, tal como o resto do mundo, que a série está há muito estagnada e que algo precisava de mudar. Assim, decidiram reconstruir o sistema de combate, embora sem grande sucesso, já que alguns problemas antigos continuam presentes. O maior problema reside sobretudo nos novos contra-ataques, que são exageradamente utilizados, visto que já não é possível bloquear ou evitar ataques.

Os combates também decorrem a um ritmo excessivamente lento. Talvez até seja uma representação correta dos combates reais, mas as transmissões televisivas conseguem disfarçar isso com toda a história que rodeiam as lutas, e com alguns eventos inesperados. Além disso existem sempre as reações do público ou dos comentadores, que garantem normalmente uma boa gargalhada. Ao jogo falta obviamente esse tipo de personalidade e pormenor, essa dimensão extra do entretenimento que é a WWE. Assim, o jogo acaba por parecer simplesmente... lento.

Para piorar a situação, agora existe um novo sistema de resistência física, o que significa que os lutadores lentos podem ficar ainda mais aborrecidos poucos minutos depois de começar um combate. Os lutadores mais fracos ficam cansados quase que imediatamente. Com dois lutadores destes e com o ritmo mais lento das batalhas, WWE 2K15 pode por vezes ser genuinamente aborrecido. Foram ainda introduzidas sequências de Quick Time Event, que inicialmente nos pareceu uma adição razoável, mas depressa mudámos de ideia. Felizmente podem desativar este sistema.

WWE 2K15

WWE 2K15 é também um jogo com um grafismo bastante medíocre. Embora a Visual Concepts tenha de ser louvada pelo seu magnífico trabalho com NBA 2K15, o grafismo de WWE deixa muito a desejar. O próprio EA Sports UFC, que saiu no Verão, decepcionou-nos um pouco em termos gráficos, mas em comparação consegue estar muito acima de WWE. É óbvio que, como quase tudo o resto, também o grafismo foi remendado em cima do que foi feito na geração anterior, e embora esta seja uma prática comum com muitos títulos de nova geração, não é suficiente para WWE 2K15. O facto dos tempos de carregamento serem longos também não ajuda.

Embora a qualidade gráfica geral seja fraca, as faces dos lutadores estão impecáveis, ou pelos menos dos lutadores que foram digitalizados. Alguns lutadores, como CM Punk, não têm as faces digitalizadas e parecem criados através do editor de personagens, o que obviamente os distingue dos demais pela negativa. A mesma situação é aplicável às animações. Algumas foram capturadas de raiz, com novos sistemas de captura de movimentos e são fantásticas. O problema novamente é que se distinguem bastante das animações velhas, claramente menos trabalhadas. Em termos gráficos WWE 2K15 é uma mistura muito desigual que alterna entre o que é francamente mau, reciclado de muitos anos de WWE, e algumas tecnologias novas. O resultado é bastante prejudicial para a imersão de jogo. Um exemplo: quando os lutadores estão cansados, isso nota-se nas animações e nos seus movimentos, mas se executarem um dos seus golpes especiais, parece que ganham nova vida e agem mais energéticos que nunca. Depois voltam a comportar-se como se estivessem de rastos.

O modo principal de WWE 2K15 é MyCareer, onde podem criar um lutador e levá-lo à glória. O processo para lá chegarem é bastante simples, embora limitado em termos de opções de criação, sobretudo para os padrões atuais. Também nos parece que faz falta algo que possa distinguir mais as personagens criadas. Seja como for, a criação da personagem decorre num processo fluido e simples e devem facilmente encontrar movimentos que se ajustem ao vosso estilo de combate.

Depois de passarem por um período de treino serão atirados para a WWE para fazerem de saco de pancada, até que comecem a ganhar popularidade e estatuto. Eventualmente estarão na Wrestlemania a discutir o título mundial. Durante toda a experiência vão receber pontos que podem gastar para ensinar novas habilidades ao vosso lutador, moldando ainda mais a personagem ao vosso estilo de combate preferido.

O modo em si tem potencial e momentos engraçados, mas podia ser realmente genial se tivesse melhor qualidade em termos de história e secções predefinidas. Como está é um modo sem inspiração e uma pena devido ao potencial desperdiçado. Gostaríamos de ver este modo no futuro, mas reforçado com escolhas que realmente determinem o rumo da carreira e que resultem em combates emocionantes. Infelizmente, nem isso é comum neste jogo. Os confrontos tendem a ser muito idênticos uns aos outros e podem resolvê-los com facilidade depois de aprenderem alguns truques. A inteligência artificial é previsível e em pouco tempo vão aprender como contrariá-la.

WWE 2K15WWE 2K15

Se têm acompanhado a evolução da série durante os últimos anos, vão certamente torcer o nariz à quantidade de conteúdo que está ausente da versão de nova geração, mas nem tudo é negativo. O conceito para seguir algumas rivalidades lendárias, como Cena e CM Punk e Shawn Michaels com HHH, é algo que pode ganhar muita qualidade no futuro. O modo está acompanhado com vídeos interessantes, excelente nível de produção e combates cheios de momentos épicos. Não é perfeito e acaba rapidamente, mas pelo menos deixa bons sinais para o que pode vir a ser uma aposta interessante para jogos futuros.

Em resumo, WWE 2K15 é um jogo medíocre com alguns pontos de interesse. Não é com ânimo leve que reforçamos esta ideia, mas se a 2K quiser evoluir a série como ela merece, terão de passar WWE a outro estúdio. Se são fãs de Wrestling e não conseguem dispensar um novo jogo, vão encontrar aqui algo para vos entreter, desde que tenham a consciência que a nova geração de WWE ainda não chegou verdadeiramente.

05 Gamereactor Portugal
5 / 10
+
Digitalização fantástica das faces. Excelente elenco de lutadores. O modo 2K Showcase é divertido.
-
Animações incoerentes. Ritmo desequilibrado. Falta conteúdo. Grafismo geral medíocre.
Publicidade: