Gamereactor Internacional Português / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español / Français
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
FacebookFacebook
análise

Wasteland 2

Foi um dos maiores sucessos do Kickstarter, mas agora é a vez de percebermos se o dinheiro dos investidores foi bem usado.

Publicidade:

Wasteland 2 é um jogo com com um passado que merece ser recordado. O original foi lançado em 1988, tornando-se num clássico do género RPG, mas a sua sequela nunca apareceu. Em vez disso foram criados sucessores espirituais, nomeadamente Fallout e Fallout 2, antes da Bethesda ter comprado os direitos dessa série e aproximando a jogabilidade de algo na linha de The Elder Scrolls.

Publicidade:

Embora Fallout 3 e Fallout: New Vegas sejam bons jogos na nossa opinião, alguns fãs de Wasteland e de Fallout não ficaram muito satisfeitos com as mudanças implementadas pela Bethesda, sobretudo devido à transição de um RPG com perspetiva isométrica, para algo mais em linha com um jogo de ação na primeira pessoa. Felizmente, para esses jogadores, Brian Fargo e a equipa que criou o Wasteland original procuraram financiamento no Kickstarter para uma sequela verdadeira de Wasteland. O sucesso foi tremendo e o projeto pode finalmente ser comprado pelos jogadores, depois de ter estado algum tempo no Acesso Antecipado do Steam.

Wasteland 2

Diríamos que o jogo cumpre com as expetativas que tínhamos. Não é certamente impressionante de um ponto de vista técnico, e algumas localizações podem ser um pouco banais, mas no geral apresenta um nível de detalhe apreciável, digno do rótulo de RPG que carrega. Além disso, proporciona uma aventura fantástica, onde as escolhas determinam o tipo de conteúdo que vão encontrar à frente, o que significa que justifica várias passagens pelo jogo. É também uma jornada massiva, que decorre em duas secções enorme, a primeira no deserto do Nevada e a segunda numa Los Angeles pós-apocalíptica.

Os jogadores vão controlar uma equipa de Desert Rangers, composta inicialmente por quatro elementos. Ao longo da aventura vão encontrar novos companheiros para o grupo, mas é importante tentar manter um equilíbrio entre todos os elementos, ou podem sofrer mais tarde com isso. Como noutros RPG deste género, a exploração decorre em tempo real, enquanto movimentam as vossas unidades e interagem com objetos ou outras personagens.

O sistema de evolução - via subida de nível - de Wasteland 2 é algo quase omnipresente, e embora isto possa parecer redundante já que se trata de um RPG, neste jogo é particularmente intenso. Quando ganham pontos de experiência suficientes para subirem de nível, serão avisados através de uma mensagem. Depois devem contactar a base para escolherem o que pretendem evoluir na personagem. Além da subida de nível dos elementos do grupo, também vão encontrar pontos de atributos soltos durante a aventura, que permitem especializar ainda mais cada elemento. Vão receber oportunidades de evoluir a equipa com alguma frequência, de tal forma que a espaços parece quase uma obrigação, ter de organizar todos os parâmetros da equipa.

Wasteland 2
Wasteland 2Wasteland 2Wasteland 2Wasteland 2

Outra componente interessante do jogo, que a espaços se pode tornar aborrecida, é a gestão do equipamento. Cada personagem pode ser equipada com vários tipos de armas, dependendo do vosso gosto, mas existe uma grande quantidade de equipamento no jogo. Além disso, as armas precisam de ser melhoradas e recarregadas com grande frequência. A gestão do inventário acaba por ser torna numa tarefa demorosa, o que será música para os ouvidos de quem gosta de ser meticuloso, mas pode tornar-se aborrecido para outros tipos de jogadores.

Ao contrário da exploração em tempo real, os combates decorrem num formato por turnos, e ativam-se quando encontram inimigos. Estes adversários variam entre humanos, criaturas e até robôs voadores que disparam lazeres. O combate acaba por ser simples na sua premissa, já que cada personagem tem um limite de ações disponíveis por turno, que podem ser distribuídos entre movimento, disparar, recarregar e outras funções semelhantes. Também existe um sistema de cobertura, que garante vantagens defensivas, mas não é um elemento muito dinâmico. O combate tem algumas qualidades, mas passadas 30 horas de jogo, pode tornar-se muito repetitivo.

O design dos níveis também é algo desigual e por vezes ineficaz. Em algumas ocasiões precisam de atravessar grandes quantidades de terreno para cumprir tarefas banais. É ainda assim um problema menor, sobretudo considerando tudo o que o jogo tem para oferecer, além disso o sistema de navegação automático das personagens cumpre normalmente sem problemas de maior.

Wasteland 2

As localizações são ligadas através de um mapa mundo que o grupo terá de navegar. Vão encontrar vários oásis que terão de visitar para reabastecer a água, mas também precisam de ter cuidado com áreas onde a radiação for demasiado alta. Existem ainda inimigos a vaguear pelo deserto, que podem tentar evitar. Se não conseguirem serão levados para um ecrã de combate, onde existe uma desapontante reciclagem de ambientes.

Os pontos mais fortes de Wasteland 2 residem no impacto do seu ambiente, no crescimento das personagens e do argumento, e no humor negro que percorre as veias do jogo. Quanto à história em si, acaba por ser bastante interessante, embora as missões secundárias também acabem por oferecer alguns episódios de grande qualidade. Algumas das vozes são excelentes, e os diálogos foram bem escritos. Certas personagens, com o contexto apropriado, permitem desbloquear mais opções de diálogo.

Olhando para a nossa experiência como um todo, é seguro dizer que a profundidade do mundo, as escolhas que tivemos de fazer e o humor subtil foram os elementos que nos mantiveram a jogar. A espaços existem algumas quebras de ritmo, mas Wasteland 2 é ainda assim um RPG de qualidade que vai agarrar o jogador.

08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Mundo envolvente. Está recheado de opções. Aventura massiva. Bom valor de repetição.
-
O combate pode ser algo monótono. Sistema de evolução podia ser mais dinâmico.
Publicidade: