Gamereactor Internacional Português / Dansk / Svenska / Norsk / Suomi / English / Deutsch / Italiano / Español
Iniciar sessão






Esqueceu-se da password?
Não estou registado mas quero registar-me

Prefiro iniciar sessão com a conta de Facebook
FacebookFacebook
análise

Full Bore

Full Bore prova que não é preciso um grande orçamento ou nome entre a comunidade Indie para produzir um bom jogo de plataformas e puzzles.

De certeza que já viram algo parecido com isto: num momento estão a correr livres pelo campo, a apreciar a vida despreocupada de um javali selvagem, quando tudo muda um ápice. Depois de entrarem num campo de minas acabam por cair num enorme buraco, matando o javali com a queda. Momentos depois é reanimado por um aparelho eletrónico, mas ao tentar escapar o javali vai parar a um cofre vazio de um banco. Logo de seguida é acusado de ter roubado as jóias e forçado a trabalhar numa mina para as substituir. O dono do banco é um porco com gravata, tal como os seus empregados. Excepto os do escritório. Esses são toupeiras.

Bom, ok, se calhar não viram muitas coisas parecidas. Mas é este o mote para Full Bore, um jogo charmoso e visualmente brilhante, com uma jogabilidade de puzzles e plataformas refinada e desafiante.

Full Bore
Publicidade:

Existe muito de bom para dizer sobre Full Bore. As mecânicas nucleares da jogabilidade são relativamente simples - percorrem minas à procura de gemas enquanto escavam vários tipos de solos - mas conforme avançam pela aventura vão descobrir novas formas de utilizarem as mecânicas simples da jogabilidade. Eventualmente vão começar a empurrar caixas para criar novos caminhos pelo terreno e mais tarde vão encontrar baterias, lasers, alavancas e muito mais.

Publicidade:

Caso se enganem em demasia e impossibilitem a resolução de um puzzle (o que vai acontecer inevitavelmente), podem utilizar uma opção que permite rebobinar a ação e desfazer os últimos passos. Alguns puzzles são bastante óbvios, outros requerem algum estudo e planeamento. Em certos momentos têm de remover pedaços do solo através de uma ordem específica, obrigando a pensar os movimentos com muita antecedência.

Full BoreFull Bore

Encontrámos alguns puzzles em que simplesmente desistimos, tal foi a dor de cabeça que nos deram. Felizmente o jogo permite essa opção, a de ignorar alguns puzzles. O facto de ser quase um jogo em mundo aberto é um golpe de génio e existem várias rotas possíveis para chegar a uma área. Raramente é necessário resolver os puzzles mais difíceis para progredir.

O jogo vai reforçando as suas qualidades de forma surpreendente. É uma abordagem subtil muito refrescante e raramente exige muita explicação. Enquanto que ao início aceitam o facto de que neste universo existem porcos falantes, ao descerem pelas minas vão começar a desvendar a explicação por trás destas circunstâncias invulgares. Vão encontrar pequenos terminais que vão explicando o enredo do jogo, composto por ganância, experiências genéticas e mais - é muito mais que uma história de um javali que escava minas. O jogo vai tornando-se progressivamente mais misterioso e eventualmente vão sentir-se motivados a continuar, não só pela jogabilidade, mas para descobrir o que se passa.

Full Bore

Full Bore emprega muita subtileza, inclusive vistualmente. Estilisticamente emprega um aspeto pixelizado, mas tem alguns pormenores lindos, como a iluminação, por exemplo. Detalhes como os reflexos e a atmosfera fazem toda a diferença. E as animações são simplesmente fantásticas. O javali é adorável, sempre paciente e persistente enquanto empurra algo com a sua cabeça. Recorda-nos dos antigos jogos de plataformas da Disney, como Aladdin e The Lion King, o que deve ser visto como um tremendo elogio.

Também os controlos são tão precisos como seria desejável. Em essência vão utilizar as teclas WASD e a barra de espaço. Em pouco tempo estarão a empurrar objetos e a passar plataformas como se tivessem nascido a fazer isto.

Full Bore parece um projeto modesto. Não está envolto em grande expetativa e não é muito conhecido entre a comunidade Indie. Além disso o conceito é tão descontraído e ridículo que é fácil não o levar a sério, mas é mesmo esta a maior força do jogo. Como não existe grande expetativa (depois desta análise é provável que tenham mais), é o tipo de jogo que continuará a surpreender-vos. Full Bore é um excelente jogo de plataformas e puzzles que não devem deixar passar.

Full BoreFull BoreFull Bore
Full BoreFull BoreFull BoreFull Bore
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Puzzles desafiantes. Design em mundo aberto. Visuais impressionantes.
-
Alguns puzzles podem ser confusos.
Publicidade: